CDL Manaus - 13-07-2017

Marcelo Serafim discute planos de governo com empresários na CDL Manaus 



marcelo-serafim-discute-planos-de-governo-com-empresarios-na-cdl-manaus

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou no dia 6 de julho que fosse restaurada integralmente a decisão tomada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que determinou a realização de eleição suplementar para o governo do Amazonas.


No mês passado, o ministro Ricardo Lewandowski havia suspendido a realização das eleições, que estavam marcadas para 6 de agosto. Segundo o Estado, o calendário deve ser mantido agora. Com isso, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus) voltou a receber os candidatos para expor suas propostas de governo pelos próximos 15 meses. 


No início da tarde, a entidade recebeu o candidato Marcelo Serafim (PSB), o vice Sirlan Cohen (PMN) e comitiva para um almoço. A reunião contou com a presença do presidente da FCDL-AM, Ezra Benzion Manoa; do presidente da CDL Manaus, Ralph Assayag; membros da diretoria das entidades e a bancada parlamentar do partido. 


"Nós vamos focar na construção de um plano de governo que faça a transição desse momento. Não temos que pensar em soluções mágicas para o Estado. Precisamos definir o que fazer nos próximos 15 meses para tirar o Amazonas das páginas nacionais", afirmou Marcelo Serafim no início da reunião.


O candidato também falou sobre a falta de segurança que a cidade de Manaus está enfrentando e promete acabar com essa situação, onde bandido faz o cidadão de refém. “Quando eu estava atendendo na Unidade Básica de Saúde, tive que acabar o meu expediente mais cedo, porque os bandidos obrigaram todos a sair da unidade pois iriam matar uma pessoa. Todos saíram e eles mataram. O estado é mais forte e tem que usar sua força para libertar o cidadão e prender o bandido. Bandidos serão tratados como bandidos e os trabalhadores serão tratados como trabalhadores. Hoje o inverso é o que está prevalecendo", afirmou o candidato.


Dentro da segurança pública, o plano de Marcelo será coibir o crime organizado, equipando as polícias Civil e Militar, além de intensificar barreiras nas áreas de fronteiras, para evitar a importação e exportação de drogas ilícitas. “Não dá para os policiais ficarem dentro do quartel e fora da rua, temos que fazer ronda pela cidade e pelo Estado”, disse. 


Sobre a saúde, o candidato expos diversas problemáticas, principalmente, do interior do Estado, onde os municípios estão à mercê da precariedade da saúde pública. Serafim pretende desenvolver um programa denominado ‘Saúde Fonte’, que tem o objetivo de abranger inúmeras veias do setor. “Ele começa no interior e vem para a capital”, frisou.


“Todos nós sabemos a realidade do Estado. Se um cidadão que mora no interior quiser fazer qualquer exame mais específico, ele deve vir para Manaus. Nossa ideia é desenvolver grandes polos de saúde. Distritos em que, por exemplo, Parintins, atenderia cidades como: Boa Vista do Ramos, Barreirinha e NhamuNdá. Itacoatira, prestaria serviços a Silves, Urucurituba, Itapiranga, São Sebastião do Uatumã e Urucará. Inauguraríamos os polos, com reformas e equipamentos de ponta para que nós tivéssemos uma média resolutividade nessa área. Com isso, daríamos melhor assistência às pessoas”, finalizou. 


Assuntos como mobilidade urbana, transporte e economia também foram discutidos no encontro. 

 

Agência CDL 










ACESSE NOSSAS REDES SOCIAIS

Acesse, siga, dê um curtir. Queremos ficar cada vez mais pertinho de você.





IMPOSTÔMETRO

Saiba o quanto você contribuiu até agora.