CDL Manaus - 11-07-2017

Expectativa positiva, apesar do cenário político



expectativa-positiva-apesar-do-cenario-politico

A expectativa de lojistas em Manaus para o segundo semestre é de que a economia retorne aos trilhos. Mesmo com a crise política e econômica, o primeiro semestre encerra com números mais positivos, se comparado ao mesmo período no ano passado.

 

O crescimento nas vendas percebido setor varejista no mês de abril foi confirmado na pesquisa, divulgada no último dia 13 de junho, pelo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que registrou alta de 1,9% em abril em comparação com o mesmo período do ano passado.

 

Para o presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro, a liberação dos recursos das contas inativas do FGTS é um dos principais fatores responsáveis pelo aumento do consumo. “A última pesquisa sobre o uso do FGTS da CNDL/SPC mostrou que boa parte dos brasileiros usam o dinheiro para saldarem suas dívidas, mas um importante percentual utiliza os recursos com despesas do dia a dia”, destacou Pinheiro.

 

Amazonas

De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus), Ralph Assayag, no início do ano vinha se caminhando de modo positivo, a inadimplência vinha diminuindo até que houve um novo abalo no governo Federal e perdemos um governador. “Estamos esperando que a situação política melhore para mais uma vez. Pois, cada crise nova despencam os setores e fica inviável investir no nosso Estado”, apontou, acrescentando que se espera que o “avião volte a decolar”.

 

Na avaliação do presidente da Federação das Câmara de Dirigentes Lojistas do Amazonas (FCDL-AM), Ezra Benzion Manoa, o primeiro semestre se dividiu em duas etapas. “De janeiro a março, ainda registramos quedas nas vendas em diversos setores. A partir de abril e maio houve uma pequena melhora. Muitas empresas começaram a parar de registrar quedas. Porém, no final de maio e início de junho, houveram novos escândalos na política nacional que, mais uma vez, afetou a economia”, detalho.

 

De acordo com Ezra, o trimestre de abril-maio-junho, apesar do cenário atual, registrou saldos positivos frente aos registrados no mesmo período em 2016.

 

Para o segundo semestre, o presidente da FCDL do Amazonas projeta um crescimento gradual, não se pode falar em alta de 5% a 10%, mas o que se espera é um retorno do crescimento lento, mas com saldos positivos.

 

 

Itens de festejos juninos devem ter alta nas vendas de 2,5%  

 

Lojistas que atuam nas vendas de itens para o período junino devem registrar crescimento na ordem de 2,5%, de acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus), Ralph Assayag.

 

Nas lojas Tropical, segundo o empresário Allan Kardec Bandeira de Melo, há itens juninos disponíveis desde o último mês de maio. “Há 40 anos oferecemos diversos itens deste segmento e esse ano não foi diferente. Além dos itens tradicionais, como bandeirolas e balões, apostando em itens novos no mercado, que é nosso diferencial”, detalhou.

 

Nas lojas Tropical, na Rua Ferreira Pena, no Shopping ViaNorte e na Rua Marquês de Santa Cruz, os clientes vão encontrar mais de 200 itens juninos como, ainda, pesqueiros, mini fogueira, brindes, entre outros.

 

“Nesta época, comercializamos para grandes festas juninas em bairros, cirandas, festas em colégios, até festas menores que reúne a própria família”, afirmou Allan.

 

Além da Tropical, associados como a Importadora Barcelona, Distribuidora Queiroz e Loja do Tapeceiro, entre outras, disponibilizam itens específicos para os festejos juninos que se estendem até agosto.

 

Para o presidente da CDL Manaus, estas festas movimentam diversos setores do comércio. De modo geral, o crescimento de quem atua no segmento deve ser de 2,5%, mas lojistas que atuam na parte de alimentação deve registrar alta. 

 

Agência CDL 










ACESSE NOSSAS REDES SOCIAIS

Acesse, siga, dê um curtir. Queremos ficar cada vez mais pertinho de você.





IMPOSTÔMETRO

Saiba o quanto você contribuiu até agora.